terça-feira, 23 de dezembro de 2008

ODILE CANTINHO - HUMANO NATAL

Não quero a mesa farta
Os bolos, os vinhos
os licores
As bocas gulosas
Figuras balofas
com as frustrações
imersas no mel

Quero pessoas serenas
em paz
Ovelhas no aprisco
Quero nas mãos estendidas
singularmente saboroso
o pão de São Francisco.

                   Odile Cantinho
         (in "O rio que sonha ser lago")

Um comentário :

  1. Amei, Cris.
    Este se parece mais comigo e com o que penso.
    Um beijão
    Coeli

    ResponderExcluir