quarta-feira, 1 de junho de 2016

PM DE SÃO PAULO MAIS UMA VEZ DEMONSTRA TODA SUA TRUCULÊNCIA CONTRA MANIFESTANTES NA PAULISTA




Mais uma vez a PM fascista de São Paulo, mostra sua violência e arbitrariedade contra manifestantes. Desta vez integrantes do MTST, que ocuparam a sede da Presidência em São Paulo, na av. Paulista.

Bombas de gás, spray de pimenta e muita arbitrariedade nas prisões, como já é de costume nessa corporação, filha da ditadura e que parece não saber que a ditadura acabou. Será que acabou mesmo? Por eles não. Se considerarmos os últimos acontecimentos no Brasil, também não.

Imprensa levando cacetadas (claro que não os da mídia golpista), gente tentando se defender e bastou o fato de se aproximarem da polícia para serem presos. A falta de critério e o evidente despreparo para lidar com manifestação popular no seu direito de se manifestar é evidente!

Bater, intimidar, ameaçar, prender, não responder às perguntas feitas, esconder identificação, jogar no rabecão, já vi esse filme antes e com certeza não foi durante um governo eleito. Mas, talvez estejam sentindo-se à vontade neste momento que temos um governo interino que se impõe fora do programa eleito pelo povo, que atropela conquistas em leis já estabelecidas e que é formado por corruptos supostamente para combater a corrupção. O que esperar da PM se não esta balburdia, violência e prepotência? Estão em casa!

Para que usar medidas legais se as leis não estão sendo respeitadas nem pelo golpista da vez? Por quê respeitar direitos se eles estão sendo atropelados pelos políticos da nação? O que podemos esperar de uma corporação que só entende a força como método de ação?

Cristina Manga


Nenhum comentário :

Postar um comentário