sábado, 18 de março de 2017

PARA MEUS GURIS: UMA REFLEXÃO NECESSÁRIA E URGENTE



Necessária para que não continuemos manipulados pelas mídias. Urgente porque o Congresso está por aprovar mais medidas que nos empobrece e nos torna dependentes e desqualificados como pessoas e como profissionais.

Maquiavel, em 1469 escreveu o que deveria fazer um príncipe para ser manter no poder e a frase mais recordada e real até hoje é: “tudo é lícito para o príncipe se manter no poder”. Tudo é lícito... Entravamos na chamada Idade Moderna, onde o comércio era a fonte de riqueza e a estrutura do estado criara a burocracia e a corrupção. Nasceram juntas. Por conta da chamada Revolução Industrial chamamos o período seguinte marcado pela Revolução Francesa de História Contemporânea. Mas a verdade que se constata todos os dias é que ainda estamos no Estado Moderno, considerando que a estrutura do Estado como representante das classes privilegiadas, a burocracia e a corrupção continuam exatamente como eram. Inclusive o conselho de Maquiavel: tudo é lícito... Só que nestes tempos mudamos o nome das “colônias” para “países aliados”, desde que o “país metrópole” mantenha seu controle financeiro sobre toda a região “aliada”. O nome novo é GEOPOLÍTICA.

Antes éramos apenas um país agroexportador de pau-brasil, para que a Holanda ganhasse muito dinheiro como a única que retirava a tinta para tingir as roupas de vermelho; depois de açúcar de cana (inexistente na Europa) e mais tarde de café em grão, tudo sem beneficiamento. Ora, se você vende um tronco ele tem um custo para o comprador, mas depois terás que comprar a mesa, as cadeiras, etc. que, logicamente custam bem mais do que te pagaram pelo tronco. Resultado você vai acumulando dívidas e fica cada vez mais difícil ter lucro, ou pior, discordar do “novo país metrópole” que controla as finanças do mundo.

Quando essas ex-colônias, chamadas de “países subdesenvolvidos” entenderam que teriam que mudar e conseguiram começar a fazer beneficiamentos em suas matérias-primas o preço de seus produtos aumentou, enquanto o lucro daqueles que importavam esses produtos diminuiu.

Os países “desenvolvidos” numa boa prática das teorias de Maquiavel o que fizeram? Um bom exemplo é nosso café. Passamos a fazer benecifiamentos do café por moagem, embalagem, embalagem a vácuo, solúvel, o que evidentemente elevou o preço do nosso produto. As chamadas “grandes potências” espalharam todo tipo de acusação de que o café continha mistura de outros grãos ludibriando o preço por quilo e até coisas piores. O resultado foi, evidentemente, a perda do mercado conquistado e um tremendo prejuízo pra o país. Voltamos a vender café em grão e eles faziam os beneficiamentos e lucravam com isso.

Uma vez refrescada a nossa memória sobre métodos de controle da riqueza pelas grandes potências e que isso é feito sem nenhum tipo de escrúpulo, afinal “tudo é lícito”... neste caso para manter a riqueza, podemos refletir sobre nossos dias. Afinal o sistema, os argumentos e os recursos são os mesmos desde 1469 e tal.

O que observamos com olhar de macro universo se aplica de igual maneira no micro universo de cada país “ex-colônia”. A elite age do mesmo modo, como se fosse senhor de todo o país e de sua população, se apresentam como os únicos preparados para isso, iludindo os cidadãos com o argumento de que foram votados num sistema livre e democrático. E assim como na universidade, somente a elite se mantém no poder político e controla o poder financeiro de todo o país. Enquanto isso as mídias “desinformam” com caras, bocas e notícias que fazem pensar e concluir exatamente o que essa mesma elite deseja que pensemos. 

Gostem ou não alguns, os fatos não são discutíveis. Nos governos Lula da Silva passamos a ser a quinta economia do mundo, pagamos todas as dívidas com o FMI, emprestamos dinheiro a eles, abrimos centenas de universidades aumentando nossa qualificação profissional a qualquer indivíduo que desejasse (independente de sua origem de classe), eliminamos o Brasil do Mapa da Fome da ONU, e entre outros muitos benefícios para o país, cometemos o pecado mortal de querer fazer parte de grupos de elite da ONU e com Dilma o pior de todos: fundamos o BRICS. Esse banco sem a participação dos EUA e que estava a caminho de criar uma nova moeda internacional que rivalizaria com o dólar, imposto depois da Segunda Guerra Mundial pelos EUA. 

Do mesmo modo que os “grandes” vivem produzindo guerras, boatos, e jogos econômicos uns sobre os outros, no micro universo de nossos países as diferentes elites fazem o mesmo o tempo todo e de preferência transmitido por TV e/ou como notícia “obtida com exclusividade”.

Depois que a chamada “Operação Lava a Jato” ganhou a bênção das elites a ponto do judiciário achar correto que o juiz Moro não respeitasse a Constituição, fomos gradualmente paralisados em todos os setores de construção, duplicando e mais o número de desempregados. Na Alemanha quando a Volkswagen foi flagrada e condenada por fraudes, NENHUM CARRO DEIXOU DE SER FABRICADO e os corruptos todos foram punidos. Aqui o Brasil parou e a nossa economia foi para o buraco. Agora cai do céu a notícia de que TODOS os nossos maiores frigoríficos estão fabricando e vendendo carnes com todo tipo de alteração, até estragada! Não lhes parece estranho? Não lembra o caso do nosso café? O mercado internacional já reagiu e os prejuízos para o país serão imensos! A quem interessa queimar nossa indústria frigorífica? Quem ganha com isso? Para depois noticiarem que não são todas, que foram casos isolados em alguns.... “tudo é válido”...

Não vou ajudar a promover isso. 

Já destruíram o sistema educacional, estão tentando acabar com o INSS, até o Ministério do Trabalho já disse o sr. Maia que não é necessário.

Com tudo desvalorizado as empresas estrangeiras já estão comprando nossas riquezas a preços de xepa, com esperança de pagar bem pouco à nossa mão de obra e todas as leis que garantiam direitos corretos ao trabalhador estão sendo anuladas.
Preparem-se, de continuar esse governo em breve abolirão a Lei Áurea.

E quem coloca essas pessoas nos poderes da nação? NÓS! Quem deu a eles o poder de tantas atrocidades contra o Brasil e os brasileiros? NÓS!

A campanha para as próximas eleições já começaram. Abertamente ou furtivamente via mídias. VOCÊ VAI DAR DE NOVO PODER AOS MESMOS QUE ESTÃO ARRUINANDO NOSSO PAÍS? PENSE NISSO E PENSE BEM PORQUE É DA NOSSA VIDA QUE ESTAMOS FALANDO. 

Não interessa se você se define de centro, de direita, de esquerda, de coluna do meio! Não vote em ninguém que tenha participado desse golpe à nossa democracia, nem que tenha sido citado em delações comprovadas, nem que em campanha tenha prometido algo que jamais cumpriu. Está difícil? Está. Mas quem procura acha. Tenho certeza que NINGUÉM DO ATUAL GOVERNO FEDERAL E A MAIORIA DOS GOVERNADORES NÃO MERECEM SEUS VOTOS. Olhe bem quem apadrinha quem nesse jogo de cartas marcadas.

                              Cristina Manga
                              (in "Crônicas")

 


Nenhum comentário :

Postar um comentário